Histórico

Localizada na Avenida Câmara Cascudo, 377, Centro, Natal/RN, a casa onde Cascudo viveu grande parte de sua vida, sempre foi um endereço de referência da cultura do nosso estado.

A casa foi construída na forma de um chalé, em 1900, pelo industrial Afonso Saraiva Maranhão e adquirida, em 1910, pelo futuro sogro de Cascudo, Desembargador Dr. José Teotônio Freire (1858-1944), quando da transferência do antigo proprietário de Natal. Em 1947, Cascudo comprou o chalé da sua sogra Dona Maria Leopoldina Viana Freire, e lá ele viveu até o fim de seus dias, em 1986. Em 1990, ela foi tombada a nível estadual através da Portaria No. 045/90, como forma de preservação e conservação histórica.

Após o falecimento de Cascudo (1986) e de sua esposa, Dáhlia (1997), a casa permaneceu aos cuidados da filha, Anna Maria Cascudo Barreto, e, em 2005, encontrava-se seriamente comprometida por uma infestação de cupins no seu telhado. Para solucionar este problema foi realizada uma criteriosa restauração, a cargo do Engenheiro Civil Camilo de Freitas Barreto, marido de Anna Maria, iniciada em dezembro de 2005 e concluída em dezembro de 2009, toda realizada com recursos próprios.

A casa foi aberta à visitação pública, a partir de janeiro de 2010, abrigando o LUDOVICUS – INSTITUTO CÂMARA CASCUDO e possibilitando a todos os interessados conhecer um pouco mais sobre o mestre potiguar.

Ludovicus - Instituto Câmara Cascudo

Avenida Câmara Cascudo, 377 - Cidade Alta - Natal/RN

CEP: 59.025-280

(84) 3222-3293    

Visitação

O Instituto está aberto ao público de terça a sexta-feira, das 10h às 16h. A Bilheteria fecha às 15h30.

Preço do Ingresso: R$ 5,00 - Estudantes com carteira pagam meia-entrada.

Escolas da rede pública e projetos sociais são isentos do pagamento.

Professores da escola particular acompanhando grupos de alunos são isentos do pagamento.

O ingresso só pode ser pago em dinheiro, não havendo venda antecipada de ingresso.